Direto da SPFW

Redação

19 de junho de 2009 | 06h00

Não deu outra, o “embate” Gisele Bündchen versus Jesus Pinto da Luz, na Colcci, foi tema recorrente no primeiro dia da SPFW, anteontem na Bienal. Quanto ao vencedor, há controvérsias.

De um lado, uma Gisele que aterrissou por aqui sem o marido Tom Brady e, não se sabe se por isso, estava um pouco mais falante. Garantiu à coluna, por exemplo, no backstage, não estar grávida. Ainda.

Em contrapartida, o namorado de Madonna entrou mudo e saiu calado. Sequer respondeu a um “Oi, Jesus“. E só sorriu quando ouviu o hit Hang Up, da popstar, durante o ensaio do desfile, que seria realizado em seguida.

Detalhe: os dois não se encontraram nem nos camarins nem na passarela, quando foram aplaudidos em cena. Bem como Rodrigo Hilbert.

Já na V.Rom foi Reynaldo Gianecchini que causou frisson – mesmo de óculos escuros, por conta de uma conjuntivite. Mas o melhor desfile do dia foi, sem dúvida, o da Osklen. Que ousou ao dar mais sofisticação à sua linha urbana.

Veja também:
mais imagensFesta de Lançamento da MAG! Passion homenageia Bethy Lagardère, no Espaço Iguatemi, no shopping Iguatemi
mais imagensFilme Jean Charles tem pré estreia no shopping Iguatemi
mais imagensInstituto Tomie Ohtake abre as portas para exposição Energias da Arte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: