Direto da França

Sonia Racy

24 de abril de 2012 | 01h01

Sorte de quem viu. Wim Wenders e Sebastião Salgado, juntos, no Théâtre de la Ville, em Paris – em pleno domingo de eleições.

Foram assistir, acompanhados de duas mulheres, a 1980, espetáculo de Pina Bausch.

Da França 2

Enquanto Sebastião dormia – ele pescou durante as quatro horas –, Wenders verteu-se em risos com o nonsense da peça.

Ao fim do espetáculo – quando aplaudiu de pé, soltando soquinhos no ar e gritando “uhu, uhu”–, o diretor deu autógrafos, desenhando uma asa ao lado de cada assinatura. Afinal, ele é autor de documentário em 3D sobre a companhia.

Da França 3

Não é só entre eleitores que a popularidade de Marine Le Pen cresce. Entre os biógrafos, também.

Na Amazon, por exemplo, podem-se encontrar 12 títulos diferentes sobre a candidata de extrema direita francesa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.