Direto da Força

Sonia Racy

02 de maio de 2013 | 01h07

Antes de subir ao palco da festa do 1º de Maio, Paulinho da Força tomou… duas doses da tequila mexicana Revolucion, cujo rótulo é ilustrado com pistolas. “Tem que ficar vermelho para fazer o discurso”, brincaram os auxiliares do deputado.

Deu certo. O líder da Força Sindical soltou o verbo contra Dilma.

Direto 2

Terminadas as críticas ao governo, Aécio, ainda no palco na praça Campo de Bagatelle, deu de cara com Gilberto Carvalho. “Gilbertinho, estou aqui fazendo o meu trabalho”, brincou, em tom amistoso.

O ministro de Dilma saiu com um “foi ótimo você ter vindo”.

Direto 3

Registrado também o tapinha nas costas do tucano dado por Haddad. Seguido de um longo e forte abraço.

Direto 4

Embora Eduardo Campos tenha desistido de participar do evento em SP – por temer o que seria dito contra Dilma –, seu representante, Rodrigo Rollemberg, líder do PSB no Senado, não fez cerimônia.

Direto 5

Alckmin teria faltado à festa para não subir ao palanque com Aécio? A razão oficial, dada a Paulinho da Força, foi a de que o tucano havia marcado compromisso com dona Lu.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.