Direto da Flip

Sonia Racy

07 Julho 2012 | 01h01

No segundo dia de Flip, o poeta sírio Adonis só aceitou falar sobre a situação de seu país à coluna com o gravador desligado: “A revolução tem que vir de dentro, mudar a mentalidade do povo. Não adianta o Ocidente interferir, doar armas. Tampouco adianta trocar um fascismo militar por outro religioso. O mundo árabe só mudará quando as mulheres tiverem os mesmos direitos dos homens e o Estado for separado da religião”.

Flip 2

Já o americano Stephen Greenblatt aproveitou o dia ensolarado para nadar em Picinguaba. Distraído, perdeu a noção da hora, deixando seus acompanhantes preocupados, que logo acharam que algo tinha acontecido com ele no mar. Por sorte, voltou à terra firme são, salvo e atrasado para os compromissos.

Flip 3

Miguel Conde ficou preocupado durante a conferência de abertura da festa literária. Sua mãe levou um tombo na tenda dos autores. Felizmente, passa bem.

Flip 4

A cubana radicada na França Zoe Valdés está encantada com o País. Em Sampa, visitou a Catedral da Sé, o Mercadão e o Masp. Em Paraty, passeou de barco.