Dica de painho

Redação

22 de novembro de 2008 | 06h00

O prefeito eleito de BH, Márcio Lacerda, segue a receita do padrinho Aécio Neves. Vai chamar o consultor Vicente Falconi, do Instituto de Desenvolvimento Gerencial, para reformular a estrutura do Executivo municipal.

Foi ele o “inventor” da recuperação financeira de MG. Quando Aécio tomou posse, o Estado devia R$ 2,5 bilhões. Hoje está no azul.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.