Deu perdido

Sonia Racy

04 Setembro 2015 | 00h09

A CPI dos Maus-Tratos a Animais ouviu terça-feira, na Câmara, a diretora-geral do Instituto Royal, Silvia Ortiz. Segundo o relator Ricardo Tripoli, a pesquisadora não convenceu quando falou sobre seu cargo ou sobre a pesquisa feita com cães beagle: “Ela deixou tudo no ar”.

Em outubro do ano passado, o Instituto Royal foi invadido por ativistas que liberaram todos os cães bem como os coelhos e também camundongos.