Desocupa

Sonia Racy

11 de dezembro de 2013 | 01h08

A Assembleia paulista entrou com ação judicial contra a Prefeitura. Por causa do acampamento que manifestantes do Ocupa São Paulo mantêm em frente à entrada principal da Casa desde agosto.

Em outubro, após 40 dias de negociações, o grupo concordou em liberar o acesso ao prédio, mas as barracas foram transferidas para a calçada. Desde então, a responsabilidade de liberar a passagem passou a ser de Haddad.

Desocupa 2

No dia 14 de novembro, o presidente da Casa, Samuel Moreira, enviou notificação ao prefeito solicitando “as providências necessárias”. Segundo ele, até agora, nada feito.

Na ação, a Alesp pede multa diária de R$ 10 mil caso a Prefeitura não tome uma atitude.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: