Desfocado

Sonia Racy

12 de agosto de 2015 | 06h20

Nos corredores da Câmara paulistana, as manifestações de ontem em torno da “questão de gênero” no Plano Municipal de Educação provocaram desalento.

Porque se protestava quanto a um único ponto e outros cruciais eram ignorados –como mais investimentos na educação e menos alunos por sala de aula.

Tendências: