Desembargador vai atuar em encenação do ‘Auto da Compadecida’

Desembargador vai atuar em encenação do ‘Auto da Compadecida’

Paula Bonelli

16 de junho de 2022 | 02h00

FOTO: ARQUIVO DA FAMÍLIA DE ARIANO SUASSUNA

O ator Aramis Trindade encenará a releitura do julgamento de João Grilo, passagem do terceiro ato do O Auto da Compadecida, obra-prima de Ariano Suassuna, com atores locais em Paraty, nesta sexta-feira. E também com o desembargador Luiz Guilherme da Costa Wagner Junior, do Tribunal de Justiça de São Paulo, que vai viver o juiz no espetáculo.

A apresentação faz parte das comemorações do centenário de nascimento do escritor e dramaturgo paraibano. Quem realiza a homenagem é a Fundação João Mangabeira, do PSB, que está anunciando a presença de figuras importantes do partido e do cenário nacional – como Márcio França, Geraldo Alckmin, Tabata Amaral, Alexandre Molon e Marcelo Freixo.

Bloco de Notas

RETRATOS NA FRANÇA. Mais de 30 retratos que o fotógrafo Bob Wolfenson fez ao longo de seus 50 anos de carreira podem ser vistos neste mês na cidade de St. Gratien, na França, onde acontece o festival Un monde, Des Cultures.

SAMBA. Seu Jorge e Alexandre Pires cantam pagode e samba no projeto Irmãos no sábado e domingo. O show de duas horas de duração na casa Vibra, em SP, tem repertório de clássicos das carreiras deles, além de versões de músicas de Tim Maia e Legião Urbana.

ROCK. Conhecido por sua carreira como guitarrista do Viper, banda de rock pesado com trajetória de sucesso no exterior, Felipe Machado lança seu segundo álbum solo como vocalista e compositor, o Primata. O show de lançamento será no Manifesto Bar, em São Paulo. No sábado.

HOMENAGEM. A estreia de O Som do Rio, série exclusiva do YouTube, aconteceu na Casa Natura, com uma apresentação da ativista indígena Val Munduruku e da cantora Maria Gadú. O evento também se transformou em um manifesto pela trajetória de Dom Phillips e Bruno Pereira. A série, que já está disponível, mostra Gadú convidando personalidades a se desconectar da vida na cidade.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.