Desconto já

Sonia Racy

09 de dezembro de 2015 | 01h50

O sistema financeiro vê, hoje, com maior otimismo o futuro resultado da aprovação do projeto de lei da repatriação de capitais – que deve ser votado em plenário no Senado ainda esta semana.

Motivo? Além do fato de o sigilo bancário estar com seus dias contados no mundo, o projeto prevê que os valores internados por brasileiros serão convertidos em dólar e, depois, novamente convertidos em real pela cotação de 31 de dezembro de 2014. Que era de… R$ 2,65.

Assim, a multa de 30% não pesará tanto para quem trouxer os recursos de volta, já que aquele que fizer o dinheiro retornar ganha 30% na outra ponta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: