Desafinou

Sonia Racy

01 de outubro de 2010 | 23h03

Depois de cinco anos de briga judicial, Djavan conseguiu reaver os direitos sobre 19 de suas canções, entre elas, Meu Bem Querer.

O músico rompeu contrato com a Edições Musicais Tapajós, ligada à EMI, e receberá indenização por má administração de suas obras e danos materiais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: