Depoimentos da Odebrecht complicam situação de Palocci e Cunha

Sonia Racy

03 Março 2017 | 00h53

Pelo que se apurou ontem, de todos os políticos delatados pela Odebrecht o que mais intimidade tinha com a empreiteira era mesmo o senador Romero Jucá.

Os depoimentos complicam muito o “Italiano”, codinome do ex-ministro Antonio Palocci, bem como o “Caranguejo”, Eduardo Cunha. O “Pós-Itália”, Guido Mantega, também está implicado.

A percepção é de que, com as revelações, Palocci e Cunha não saem da prisão tão cedo.

Odebrecht 2

E mais: o esquema, segundo relato de “odebrechtianos”, era piramidal. No topo ficava Emílio Odebrecht, amigo e homem de Lula. Com quem o empreiteiro falava diretamente.

Depois, seguiam as ordens para baixo.

SP vai ‘montar’ Previdência 

complementar em Rondônia

São Paulo atendeu a pedido de Confúcio Moura, governador de Rondônia. Escalou o economista Carlos Flory – que comanda a previdência complementar paulista – para ir segunda-feira a Porto Velho ajudar a montar sistema similar por lá.

São Paulo será devidamente remunerado por isso.

Previdência 2

O encontro inaugura um “filão” delineado pela futura reforma da Previdência. O texto obrigará todos os Estados e municípios do País a oferecerem, no prazo de dois anos, previdência complementar para seus funcionários. E alguns Estados, e a maioria dos municípios, não têm know-how nem massa crítica para cumprir a tarefa sozinhos.

Memória

O PT, que termina nesta segunda-feira o prazo para inscrições de candidaturas – locais e nacionais – para formar os diretórios que irão ao seu congresso de junho, decidiu criar marca especial para o evento.

Vai se chamar “6.º Congresso Nacional Marisa Letícia Lula da Silva”.

A lei da coerção

A OAB não quer deixar a bola cair. Por decisão unânime, em recente reunião em Brasília, decidiu pedir ao STF uma interpretação “ampla e consistente” da condução coercitiva, nos termos do art. 260 do Código de Processo Penal.

Entre outras, a Ordem condena a medida por entender que ela leva “à impossibilidade de adequada orientação técnica do advogado a seu cliente”.