DEM bate martelo na candidatura de ACM Neto

DEM bate martelo na candidatura de ACM Neto

Sonia Racy

31 Janeiro 2018 | 01h00

O DEM começa a definir sua estratégia para as eleições estaduais deste ano. Com a condenação de Lula, o partido bateu o martelo sobre a candidatura de ACM Neto ao governo da Bahia.

Motivo: com Lula fora da disputa, o atual governador da Bahia, o petista Rui Costa, perde força e abre caminho para o atual prefeito – na avaliação de altas lideranças dos democratas.

Em São Paulo, o DEM sonha em ter João Doria como candidato, seja pelo PSDB ou pelo próprio partido – caso os tucanos se acertem com Márcio França.

Aliás, o prefeito de São Paulo permanece com portas abertas do DEM também para concorrer ao Palácio do Planalto.

Em Minas Gerais, Rodrigo Pacheco, deputado federal recém-filiado ao DEM, se mostrou viável nas primeiras sondagens. E deve concorrer contra o atual governador Fernando Pimentel