Debate jurídico

Sonia Racy

04 de abril de 2012 | 01h11

Enquanto se espera a nomeação do novo procurador-geral de Justiça, outra “polêmica” ocupa as rodas do Ministério Público: o fim dos copinhos descartáveis. Eles serão trocados, no semestre que vem, por canecas duráveis – cada funcionário ganhará a sua. [TEXTO]Já foram licitadas 10 mil unidades, a R$ 10,09 cada.

Tem promotor achando que é coisa de presidiário. Outros defendem a iniciativa verde.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.