De volta à casa

De volta à casa

Sonia Racy

21 de junho de 2015 | 09h39

Vera Chadad (Foto: Iara Morselli/Estadão)

Depois de 21 anos, Vera Chadad decidiu que era o momento de fechar um ciclo, dar uma virada e colocar o Salão de Arte no caminho de volta às suas origens. “Percebi que, após todos os anos em que estivemos n’A Hebraica, havia chegado a hora de fazer algo mais arrojado. Temos de nos reinventar de tempos em tempos”, diz.

A mostra retorna ao Jockey Club de São Paulo, onde tudo começou em 1993, e abre as portas de sua 22ª edição, de 11 a 16 de agosto, com uma homenagem a Tomie Ohtake, com curadoria de seu filho, Ricardo. Os tradicionais antiquários, galeristas e designers de joias continuam lá – desta vez, com espaço setorizados. E há novidades. Entre elas, o artesanato dos Santeiros do Piauí.