De Sucupira…

Redação

02 de outubro de 2008 | 08h07

Marco Nanini está reinventando Odorico Paraguassu, de O Bem-Amado. Mas, desta vez, não será para a peça, interrompida pelo incêndio do Cultura Artística, e sim para a versão cinematográfica, que Guel Arraes começa a rodar em janeiro. “O cinema exige outro tipo de caracterização”, justifica o ator.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: