De peso

Sonia Racy

10 de outubro de 2014 | 01h09

A família de Eduardo Campos, capitaneada por Renata, fixou um objetivo em Pernambuco: vai brigar para que Aécio tenha 1 milhão de votos a mais do que Dilma no Estado.

Tarefa árdua: a presidente teve 44% dos votos (2 milhões) e o mineiro, 5,9%. Marina? Liderou, com 2,3 milhões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.