De… Letras?

Sonia Racy

31 de março de 2013 | 01h05

Tem gente prevendo que, logo logo, o chá das cinco da Academia Brasileira de Letras estará discutindo reforma política e financiamento de campanha.

Confirmada a eleição de FHC, em junho, à mesa estarão dois ex-presidentes (ele e Sarney), um ex-vice (Marco Maciel), dois ex-ministros (Celso Lafer e Eduardo Portella), um historiador (José Murilo de Carvalho), um meio-politico-meio-diplomata (Afonso Arinos) e dois jornalistas (Carlos Heitor Cony e Merval Pereira).

Letras 2

Não custa lembrar: a invasão política da academia é coisa antiga. Em 1941, o ditador Getúlio Vargas impôs sua presença no seleto grupo.

Em 1975, JK recorreu ao voto e perdeu, no “terceiro turno”, para Bernardo Ellis.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: