Zé Dirceu volta ao STF hoje

Sonia Racy

01 de maio de 2013 | 01h08

Chega hoje ao STF, via digital, o tão aguardado recurso de José Dirceu. A defesa aproveita o feriado para trabalhar e tentar diminuir sua pena no mensalão.

Entre as teses expostas está a de que o crime de corrupção ativa ocorreu na vigência de legislação antiga. Como assim? Joaquim Barbosa teria induzido o plenário ao erro ao confundir a data da morte do então presidente do PTB, José Carlos Martinez. Este erro de três meses (Barbosa teria considerado a data de dezembro de 2003 quando na verdade a morte se deu em outubro) mudaria o enfoque legal.

O ex-ministro eria negociado apoio do PTB inicialmente com Martinez e só depois com Roberto Jefferson.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.