Data vênia

Sonia Racy

02 Dezembro 2014 | 01h04

Reconhecida como a menina dos olhos da advocacia, a eleição, hoje, da Associação dos Advogados de São Paulo (para renovação de 1/3 de seu conselho diretor) promete ser o primeiro passo da disputa pela direção da OAB/SP – que acontece em 2015.

Após seis anos sem concorrência, foi lançada chapa de oposição, com núcleo formado por pretendentes derrotados a cargos na OAB paulista em 2012. A situação é apoiada por ex-presidentes e atuais conselheiros.

Data vênia 2

Segundo Renato Cury, um dos candidatos da situação, a AASP deve continuar a focar na prestação de serviços aos advogados – sem qualquer forma de politização. Já para a chapa de oposição, por melhores que sejam as gestões passadas, esta é uma oportunidade para aprimoramento dos serviços.