Da fonte

Sonia Racy

20 de março de 2010 | 06h12

Marcus Elias, da Parmalat, informa: uma das razões que explicam o acordo entre a LAEP e o GP é a liquidação de quase todas dívidas da Parmalat Brasil.

De R$ 1,8 bilhão devidos a mais de 10 mil credores em 2006, hoje, nas contas de Elias, restam R$ 22 milhões e três credores.

Tendências: