Custo Brasil 

Sonia Racy

04 de março de 2016 | 01h05

 
Dois balanços trimestrais depois do anúncio de compra do HSBC pelo Bradesco, nada de resposta do Cade sobre a operação.
Nesses sete meses houve até greve dos funcionários do ex-banco inglês/chinês sem que houvesse um patrão para responder. O HSBC opera no prejuízo e não pagou participação nos lucros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.