Custa, o custeio

Sonia Racy

06 de julho de 2010 | 23h10

Celso Amorim propôs a Lula e Paulo Bernardo vetou. Pelo que se apurou, o Itamaraty desejava que o governo federal editasse uma Medida Provisória para a criação de 400 novos cargos diplomáticos.

Ante a negativa, a ideia passa a ser uma MP para instituição de 100 novos postos: os outros 300 tramitariam por meio de Projeto de Lei.

A assessoria do Itamaraty nega a intenção. Confirma, no entanto, a edição de MP criando oito novas vagas para ministros de primeira classe.

Só no primeiro semestre do ano, segundo O Globo, o Congresso aprovou e Lula sancionou 37.101 cargos e funções comissionadas nos três poderes.