Grupo usa música para ajudar a curar

Sonia Racy

14 Janeiro 2018 | 00h15

Humanização hospitalar por meio da música. Esse é o conceito do grupo Saracura, que toca para pacientes em hospitais da cidade. À frente do projeto, os músicos Edmar Pereira, Gabriel Corrêa e Daniel Zacharias começaram de maneira informal, tocando no Pronto Socorro do hospital Sabará.

Aos poucos, pacientes internados começaram a descer para ouvir as canções. Hoje, o grupo conta com 26 musicistas, atende a oito instituições da rede particular e procura patrocínio para atuar também na rede pública.

Repertório? “Nosso foco é o resgate do cancioneiro popular brasileiro. Tocamos músicas de domínio público, cantigas de roda… Mas os pacientes sempre nos pedem canções e temos que estar prontos para atender a esses pedidos especiais”, explica Gabriel.