Cúpula

Sonia Racy

12 de agosto de 2010 | 23h09

Em curta conversa durante a reunião de ministros, terça, Orlando Silva expressou sua preocupação com as obras para a Copa ao colega Nelson Jobim – principalmente em relação aos aeroportos. O titular da Defesa assegurou ao ministro dos Esportes que tudo estará bem. Mesmo porque o aumento de passageiros deve se limitar a… 2 a 3%.

Não contente, Jobim acrescentou que o problema, mesmo, era o “risco aeroviário”, explicando que, no caso do Galeão, centenas de urubus saem dos lixões diariamente invadindo o espaço aéreo. Coisa ignorada pelo governo carioca.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: