Cry for me

Sonia Racy

06 de maio de 2011 | 23h09

Evita Perón faria anos hoje. E as comemorações em Buenos Aires devem levar às ruas, além de fãs, políticos de várias bandeiras.

Na Argentina cultiva-se, especialmente em ano de eleições, a chamada “necromania política”. Cristina Kirchner, por exemplo, faz questão de citar Néstor a cada discurso. E Ricardo Alfonsín tampouco deixa em paz a memória de seu pai e ex-presidente do país, Raúl.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.