Cruz e espada

Sonia Racy

06 de janeiro de 2011 | 23h08

Magno Malta, senador reeleito da ala evangélica, comentou a presença de representante do Vaticano na posse de Dilma. “Isso para mim foi uma tremenda hipocrisia depois de tanto satanizarem a presidente por causa da questão do aborto”, disse. “Eu fui o grande ‘dessatanizador’ de Dilma perante os evangélicos”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: