Cruz credo

Redação

19 de dezembro de 2009 | 06h29

Kassab está mexendo com fogo. A Prefeitura quer suspender o acordo educacional com a Sociedade Pestalozzi São Paulo – entidade administrada pela “recordista” Igreja Universal.

Professores municipais da instituição já se preparam para voltar às escolas convencionais da rede.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.