Crise em Brasília faz Mercadante ‘dar o cano’ em príncipe da Espanha

Crise em Brasília faz Mercadante ‘dar o cano’ em príncipe da Espanha

Sonia Racy

12 de março de 2014 | 16h05

Príncipe Felipe de Astúrias (Foto: Paulo Giandalia)

Em meio à crise política entre parte da base aliada e o Palácio do Planalto, que resultou, nesta quarta-feira, na convocação de ministros para prestarem esclarecimentos à Câmara, Aloizio Mercadante deixou o príncipe Felipe, da Espanha, na mão.

O chefe da Casa Civil era esperado pelo herdeiro do trono em São Paulo para receber prêmio da Fundação Conselho Espanha-Brasil. Nem saiu de Brasília.

Para representá-lo, enviou seu sucessor na pasta de Educação, José Henrique Paim.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.