CPI atropelada? 

Sonia Racy

07 Julho 2016 | 01h00

Em reunião, ontem, após fala do secretário Nunzio Briguglio à CPI do Teatro Municipal, os vereadores decidiram pedir que Ministério Público investigue o secretário. A comissão trata de suposto esquema que teria causado prejuízo de R$ 15 milhões ao teatro.
Contrário à decisão, Alfredinho – único vereador do PT na comissão – quer pedir a suspensão da CPI. “É um erro. Se cada caso que aparecer a gente mandar o MP investigar, então para que a CPI?”, questiona.
Procurado, Briguglio diz que esclareceu, ontem na comissão, que não tem relação com as irregularidades no teatro.