Corujão da Saúde começa com mais de 15 mil vagas

Sonia Racy

09 Janeiro 2017 | 16h03

Alterado às 20:40 para atualização de conteúdo

Começa nesta terça-feira, e terá 15.570 vagas, a primeira fase do programa Corujão da Saúde, anunciado por João Doria. Nesta etapa, o hospital Oswaldo Cruz vai garantir 8.190 atendimentos, o Sírio Libanês 6.720, o HCor 390 e o Albert  Einstein 270.

O lançamento será feito por João Doria e Wilson Pollara, secretário da Saúde de São Paulo. Os dois visitarão —  ao lado de David Uip, secretário estadual da Saúde — os primeiros pacientes agendados pelo programa. O HCor recebe nesta terça à noite 13 pessoas para realizarem tomografia de crânio. 

O projeto é acabar a fila de espera de exames no prazo de 90 dias.

Corujão 2

Os hospitais receberão o preço estipulado pela tabela do SUS.

Na sexta-feira, a Prefeitura publicou no Diário Oficial da Cidade o chamamento público para credenciar estabelecimentos privados interessados em integrar a iniciativa. Cerca de dez hospitais já haviam comunicado seu interesse.