Coronavírus faz governadores repensarem viagem à China

Coronavírus faz governadores repensarem viagem à China

Sonia Racy

03 de março de 2020 | 00h37

ENCONTRO DE GOVERNADORES DO COSUD. FOTO: DIVULGAÇÃO

 

Por conta do coronavírus, os sete governadores que integram o Consórcio de Integração Sul e Sudeste, Cosud, que embarcariam em maio para missão de negócios na China, foram obrigados deixar a viagem em suspenso. E não conseguem definir uma nova data, diante da imprevisibilidade da epidemia.

E no Nordeste, o que
atrapalha é o motim  policial

Já os nove governadores do Consórcio do Nordeste vão remarcar a missão que fariam esta semana à Espanha. O motivo, para eles, foi outro: o motim policial no Ceará. Esta será a segunda viagem do grupo, que foi à Europa no ano passado e lá fez uma licitação para compra conjunta de medicamentos. Conseguiram economizar 50% na fatura.

Uma batalha contra
o BPC ‘mais curto’

Cerca de 100 entidades, entre elas a Pastoral da Pessoa com Deficiência da Arquidiocese de SP, estão hoje de olho no Congresso. É que entra em pauta a discussão do veto de Bolsonaro que limita o universo do Benefício de Prestação Continuada, BPC.

Em carta aberta, o grupo argumenta que o PL 6.159, a ser votado, “altera de forma profundamente negativa a Lei de Cotas”. De que forma? O governo pretende “subir” de um quarto de salário mínimo para meio salário mínimo o limite a partir do qual o BPC é atribuído. Um universo logicamente menor, que, se adotado, deixará muitas famílias de fora do sistema.

Tabata define seu
destino partidário

O espaço político de Tabata Amaral, do PDT paulista, pode definir-se nesta quinta-feira, quando o TSE julga ação dela e de outros deputados que pediram desfiliação partidária sem punição. Ao que apurou a coluna, a deputada está hoje próxima do Cidadania e até já se reuniu com a cúpula desse partido. Seu presidente, Roberto Freire, que esteve com a deputada, é um entusiasta: “Se ela vier, será muito bem-vinda”.

A legenda passa por um “banho de loja” para atrair jovens egressos de movimentos de renovação.

STF acessível

O MEC não quis a parceria com a Fundação Roquette Pinto, mas os ministros do STF querem. Pelo acordo assinado entre os dois lados, haverá intercâmbio de conteúdo entre TV Justiça e TV Escola. A ideia do STF é aumentar a interação com a sociedade. Enquanto isso… o ‘sonho dourado’ da Roquette é uma parceria com a secretaria de Regina Duarte.

Dança das cadeiras na
secretaria de Regina

Humberto Braga é nome certo para a equipe de Regina Duarte – que toma posse amanhã na Secretaria de Cultura, em Brasília. O ex-presidente da Funarte é cotado para ser secretário adjunto da atriz. Segundo fontes da coluna, os dois são amigos há bastante tempo. O atual adjunto, Odessir Luiz Prata da Costa, deve permanecer na nova equipe.

Dança 2

E, ao que tudo indica, a atriz deve mesmo ter como um de seus primeiros objetivos tirar do cargo o presidente da Fundação Palmares, Sergio Camargo. Já não são segredo os desentendimentos entre os dois.

Protesto no
Theatro Municipal

Os grêmios das escolas de Música e Dança do Theatro Municipal organizam um ato unificado em frente ao teatro, no sábado, contra as novas propostas de gestão da instituição.

Como informou a coluna em fevereiro, alunos e professores se posicionaram contra as mudanças que vinham sendo anunciadas na Secretaria de Cultura, em consulta pública.

Estão programadas, durante o protesto, apresentações dos grupos de balé e música.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.