Copa x Copa

Sonia Racy

01 Outubro 2015 | 01h55

O advogado de Neymar dirá hoje, no Tribunal Arbitral do Esporte, em Lausanne (Suíça), que a Fifa “interveio discricionariamente na competência da Conmebol”, ao determinar que o jogador deve ser punido já nos jogos contra Chile e Venezuela – durante eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Pedro Fida insiste em que se atenda à risca o regulamento da Conmebol: punições da Copa América devem ser cumpridas… em jogos da própria Copa América.