Convenção em agosto dificulta vida de Aécio, dizem tucanos

Sonia Racy

11 de julho de 2017 | 12h00

O intenso debate sobre ficar ou sair do governo Temer, no encontro dos tucanos desta segunda-feira à noite, no Bandeirantes, fez com que passasse desapercebida, segundo alguns dos presentes,  uma decisão importante: a antecipação para agosto da convenção nacional do PSDB — que pelo cronograma normal do partido deveria ocorrer em maio do ano que vem.

Resultado prático da medida, na percepção desses tucanos: desapareceu o tempo de que Aécio Neves precisaria para se rearticular e manter seu peso na executiva nacional. A avaliação é que não dá tempo, em cinco ou seis semanas, para mudar a situação política hoje enfrentada pelo senador mineiro.