Contratação de Miller por escritório foi ‘coletiva’

Sonia Racy

19 de outubro de 2017 | 00h55

A advogada Esther Flesch, demitida sem cerimônia do Trench Rossi Watanabe por ter levado Marcello Miller para o escritório, não foi a única responsável pela contratação do ex-procurador.

A contratação de um novo membro do quadro societário, no grupo, passa por vários sócios e precisa da aprovação da firma multinacional Baker McKenzie.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: