Contrabando causa estrago de R$ 100 bi na economia

Contrabando causa estrago de R$ 100 bi na economia

Sonia Racy

09 de junho de 2016 | 01h30

FOTO REPRODUCAO

FOTO REPRODUÇÃO

A prisão, ontem, de Newton Ishii, o “japonês da Federal” (na foto acima), pela Justiça do Paraná, trouxe à tona a vitoriosa aventura do contrabando no País. Nas contas de Edson Vismona, do Fórum Nacional de Combate à Pirataria, o estrago que a atividade causa à economia passou dos R$ 100 bilhões em 2015.

E Foz do Iguaçu, a região em que Ishii circulava, responde por 20% disso. Só nessa cidade, segundo o FNCP, a atividade ilegal envolve cerca de 15 mil pessoas.

Custo 2

Mas o que Ishii fez? Segundo os autos do processo, em troca de propina ele e seus comparsas protegiam cargas vindas do Paraguai com mercadorias contrabandeadas – todas em valor acima do permitido por lei.

O rei do contrabando, segundo o Fórum, é o cigarro. Que responde, sozinho, por 32% do mercado, seguido de vestuário e aparelhos eletrônicos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: