Conpresp diz não

Sonia Racy

08 de outubro de 2013 | 12h50

O Conpresp  (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico) acaba de negar, por unanimidade, autorização para a arena de eventos da XYZ Live no Jockey Club de São Paulo. O Condephaat emitiu uma autorização parcial, em junho, para o projeto, de um ano de funcionamento. Desde que a empresa de eventos cumprisse uma série de requesitos. A Justiça, por sua vez, determinou que a obra, semiacabada, só fosse retomada quando da aprovação dos dois órgãos — municipal e estadual.

Indagado, Bazinho Ferraz, da XYZ, disse que vai estudar como recorrer da decisão municipal. Já Eduardo Rocha Azevedo, presidente do Jockey, informa que, contratualmente, quem tem de buscar as licenças para construir o empreendimento é a XYZ. “ Entretanto, lamento muito. O  Jockey perde com essa decisão do Conpresp”.

Em tempo: o Jockey Club foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat) em novembro de 2010. A intervenção está localizada em perímetro de tombamento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.