Congresso terá que reavaliar vetos à Lei das Ferrovias, diz senador José Aníbal

Direto da Fonte

13 de março de 2022 | 02h00

JOSE ANÍBAL

JOSE ANÍBAL. FOTO: EPITÁCIO PESSOA/ESTADÃO

O Congresso “terá que rever” os vetos à Lei das Ferrovias, que Bolsonaro promulgou no final de 2021, para “corrigir itens sobre o compartilhamento de carga”, advertiu, em conversa com a coluna, o senador José Aníbal (PSDB-SP). Segundo o tucano, é preciso “evitar o uso especulativo de autorizações” e promover “a recuperação de ferrovias abandonadas”.

Em defesa do projeto aprovado, o Ministério da Infraestrutura alega que o objetivo da lei “é desburocratizar o setor” e que “foram vetados dispositivos que estabeleciam preferência para as concessionárias”. Até fevereiro, o País já contava com mais de 22 contratos assinados dentro do acordo com o novo marco regulatório.

Gastar e educar

Neste dia 15, quando se comemoram o Dia do Consumidor e da Escola, um grupo de empresários lança o PontoE – um app que transforma os valores das compras em pontos que nunca expiram e que são convertidos em cashback (dinheiro de volta) para o pagamento exclusivo de despesas com educação, como mensalidades, compra de livros e outros materiais escolares. O lema é “consumir para educar”.

No time, o ex-Grupo ABC Pedro Assumpção, o ex-P&G Tarek Farahat, e Eduardo Foz, sócio da Cocam. Completam o grupo Christiano Ranoya (presidente) e Luiz Panarelli, fundadores da Indico, mais Carol Guedes, do Quintal de Trocas.

A meta é beneficiar algo como 10 milhões de pessoas nos primeiros três anos, movimentando, nessas despesas com educação, um valor hoje estimado em R$ 3,4 bilhões .

A noite de 22

O Theatro Municipal revive no sábado, dia 19, a Semana de Arte Moderna de 1922 com o concerto “Guarnieri e Mário – Paulistas Desvairados”. O programa traz “Pedro Malazarte” e “A Serra do Rola Moça”, compostos por Camargo Guarnieri com textos de Mario de Andrade.

Artsampa

Denise Mattar, (ex-MAM-Rio e MAM-SP) faz a curadoria do projeto “Geometria Sensível”, que a Acervo Galeria de Arte, de Salvador, apresenta na ArtSampa a partir do dia 16.

Alô, Israel

Renato Ochman, presidente da Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria, comanda missão de 30 empresários brasileiros que vão visitar startups e fundos de venture capital em Israel a partir de 27 de março. O grupo ficará em Tel-Aviv e terá mais de 25 encontros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.