Congresso reavalia hoje destino de R$ 31 bi em emendas

Sonia Racy

18 de fevereiro de 2020 | 00h47

 

RODRIGO MAIA E DAVI ALCOLUMBRE. FOTO: LUÍS MACEDO/AGENCIA CÂMARA

RODRIGO MAIA E DAVI ALCOLUMBRE. FOTO: LUÍS MACEDO/AGENCIA CÂMARA

 

Às portas do Carnaval, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia fazem hoje reunião conjunta – e inusitada – dos líderes, em Brasília. Na pauta, um possível aceno de Bolsonaro para que deputados e senadores indiquem prioridades na execução de R$ 31 bilhões em emendas do Orçamento 2020, que recebeu projeto com mudança de regras.

Pressão

Major Olímpio e Lasier Martins pretendem aproveitar a reunião para coletar assinaturas em favor da votação do projeto que abre caminho para prisão em segunda instância. O abaixo-assinado do major tem 34 assinaturas. Precisa de 41. Já o pedido de urgência de Lasier para o PL 166, que altera o Código Penal, soma 24 nomes, mas precisa de 54.

Pode, não pode

Depois de ganhar, no fim de semana, uma briga contra os carnavalescos do bloco Carnamauri, a AME Jardins continua em alerta.

Acha que o pessoal do bloco tentará novo recurso para fazer sua festa na rua Amauri na segunda que vem.

Não pode 2

A batalha contra o evento, no último fim de semana, foi longa. A AME recorreu à PM e à subprefeitura, o bloco entrou com mandado de segurança, a juíza Aline de Miranda consultou a Prefeitura… e a AME venceu.

“As ruas dali são zona residencial e não permitem tais festas”, avisou Daniela Seibel, da AME.

Back to the future

Está marcada para as 14h desta terça a reunião de Lula com a bancada do PT em Brasília. À mesa, a estratégia de oposição a Bolsonaro.

O encontro ocorre na véspera do depoimento do petista na Operação Zelotes – adiada por conta da sua visita ao papa Francisco, na quinta-feira passada. Na qual, aliás, o petista conversou sem intérprete, na presença apenas de Celso Amorim.

Saúde latina

O Hospital Albert Einstein vai firmar parceria com a IARC, International Agency for Research on Cancer. Objetivo? Formular, pela primeira vez, um código de prevenção à doença especificamente para a América Latina.

A IARC já dispõe de um código voltado para o controle da doença nos países europeus. Consiste em doze recomendações que, se seguidas corretamente, preveniriam em 40% a incidência de tumores no Velho Continente.

Outra página

A editora Lote 42 lança em março um livro da cineasta Anna Muylaert. A obra reúne contos e se chama Quando o Sangue Sobe à Cabeça. É o primeiro livro de prosa para um público adulto feito pela diretora de cinema.

Compliance

A auditora cultural Flavia Faria Lima organiza reunião em Brasília com a Secretaria da Cultura para falar da implantação de um sistema integrado de compliance cultural.

Também entra na pauta da reunião, marcada para março, a regulamentação das medidas compensatórias.

Folia na estrada

As empresas de ônibus interestaduais estão otimistas. Preveem, para os dias de carnaval, movimento de passageiros 28% superior ao do ano passado. Motivado, basicamente por ser este ano um período mais longo, que permite também viagens a mais lugares.

Resultado: vai ter até bloco de carnaval agitando os embarques e desembarques nas principais rodoviárias do País.

Em segurança

A Agência Aids, de Roseli Tardelli, promove em unidades do Senac SP rodas de conversa com adolescentes sobre prevenção antes do Carnaval. Os encontros contarão com a participação de um jovem vivendo com o vírus, de uma sexóloga e distribuição de preservativos

 

Tendências: