Companheira?

Sonia Racy

03 de abril de 2014 | 01h02

A posição de Dilma, contrária à revisão da Lei da Anistia, é fruto de ampla discussão da presidente com assessores e o staff de sua campanha.

Segundo fonte no Planalto, o ponto que mais pegou na decisão foi a de que – se o acordo for revisto – muitos combatentes de esquerda também terão de ir ao banco dos réus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.