Como assim?

Sonia Racy

26 de julho de 2010 | 17h34

Ofício enviado pela Fecomércio do RJ tem provocado estranheza entre os associados. Assinado pelo diretor Natan Schiper, o documento se assemelha a um “manual de proteção ao sonegador”.

Sugere, entre outras coisas, cuidado no cruzamento de dados pela Receita Federal e mais atenção com a informalidade contábil.

Tendências: