Comissão do Senado avalia estragos nas praias do Nordeste

Comissão do Senado avalia estragos nas praias do Nordeste

Sonia Racy

06 de novembro de 2019 | 00h45


LIMPEZA DE PRAIAS EM PERNAMBUCO. FOTO: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

 

Fabiano Contarato, que preside comissão do Senado sobre vazamento do óleo no mar, instalada ontem no Senado, viaja com colegas senadores para o Nordeste – onde serão recebidos pelos governadores Paulo Câmara, em Pernambuco, e Fátima Bezerra, no Rio Grande do Norte. Visitarão as praias de Itapuama (PE), na sexta, e de Pipa (RN), no sábado.

A comissão pode coletar provas técnicas que embasem, por exemplo, uma futura ação penal no Ministério Público. À coluna, Contarato disse que o governo federal “foi omisso” e deixou “mais perguntas que respostas”. E adiantou que já foi aprovado requerimento para ouvir o ministro Ricardo Salles.

Homenagem… 

Fábio Feldman está entre os cinco agraciados que receberão hoje, em Brasília, o Grande Colar do Mérito do Tribunal de Contas da União – e fará o agradecimento em nome de todos, incluindo João Gilberto, in memoriam.

…e cobrança

No discurso, ao que se apurou, o ambientalista incluirá uma cobrança ao governo pela demora em reconhecer a gravidade do vazamento de óleo nas praias do Nordeste. E deixará uma pergunta: se apenas um navio pode causar tamanho estrago, a Petrobrás está preparada para enfrentar à altura eventuais “vazamentos” na prospecção das áreas do pré-sal?

Na Cultura, tempos
de cofre vazio

Um dia após Caetano Veloso e companhia se reunirem em Brasília com Carmen Lúcia, no STF, associações de cineastas, documentaristas, fotógrafos e produtores de SP foram – ontem – à Assembleia paulista. Motivo? Reclamam, em carta deixada com Alex Madureira, relator da Lei Orçamentária, do investimento “muito baixo” e “contingenciado” destinado à Cultura em 2020 – pouco mais de R$ 800 milhões.

Citam como exemplo o Desenvolve SP, da Secretaria da Fazenda, que teve aporte na LOA de R$ 257 milhões. E o ProAC, com corte de 55%, terá oito vezes menos.

Um think tank para
a Defesa no Brasil

Afastado da política, mas vivendo em Brasília, o ex-ministro Raul Jungman começa a fazer contatos para novo projeto: criar um think tank sobre defesa. À coluna, ele afirmou que o tema é estratégico mas que até hoje não teve a devida atenção da chamada intelligentzia nacional.
Para tanto, começa a programar contatos em meios empresariais e universitários.

Começa a festa para os
100 anos de Clarice Lispector

Já começaram, um mês antes, as comemorações do centenário de nascimento de Clarice Lispector. Pedro Paulo de Sena Madureira, editor, e Nélida Piñon, da Academia Brasileira de Letras, foram convocados pela Casa do Saber para dar o curso Clarice 100 – cinco debates semanais.

Que começa hoje com o tema Perto do Coração Selvagem: Uma Escrita do Susto.

Memórias
do Muro

O programa de número 500 de Pedro Bial, hoje, vai relembrar os 30 anos da queda do Muro de Berlim. O apresentador vai entrevistar Axel Zeidler, cônsul-geral da Alemanha no Brasil. Cláudia Cavalcanti, tradutora do alemão para o português, também participa.06

 

 

 

 

 

 

 

 

Tendências: