Comandante

Sonia Racy

24 de fevereiro de 2011 | 23h03

Fernando Arruda Botelho acabou de adquirir o 16º avião para integrar o instituto que leva seu sobrenome: o T-28 Trojan. Trata-se de avião americano também usado na Guerra do Vietnã. Mas ele funciona? “Só compro aviões que ainda podem voar”, explicou o empresário que pilotou a aeronave desde Chicago, enfrentou pouso de emergência na Geórgia por causa de pane elétrica, e chegou em SP na semana passada. Tudo em 25 horas e 21 paradas.

Preço? US$ 175 mil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.