Coletivo de Intelectuais Negros e Negras reinvindica memorial do Quilombo dos Palmares, em Alagoas

Sonia Racy

21 de novembro de 2020 | 00h50

O Coletivo de Intelectuais Negros e Negras (CDINN) escolheu o Dia da Consciência Negra e realizou ontem uma mobilização virtual.

Reivindicam memorial do Quilombo dos Palmares, em Alagoas, onde Zumbi formou comunidade de 30 mil pessoas que fugiu das fazendas e resistiu à escravidão no século 17.

Junto a isso, Valter Silvério, professor de sociologia da Ufscar, defende que o Ministério da Educação abrace a lei 10.639/2003 – ela pressupõe ensino da história africana nas escolas: “Não há recursos suficientes para pesquisas na área e o governo federal demonstra perspectiva contrária ao reconhecimento da diversidade de povos, religiões e gêneros”.

 Tragédia 

Ontem, na sede do Carrefour em São Paulo, sua diretoria fez um minuto de silêncio pelo homem negro espancado até a morte em supermercado do grupo em Porto Alegre.

Lacuna  

 Faltam informações sobre finanças aos brasileiros de uma maneira geral: 63% da população declara que conhece somente… o básico.

O dado faz parte de pesquisa da XPeed, escola da XP, encomendada ao Instituto Locomotiva. “A maioria dos brasileiros tem objetivo financeiro, mas necessita de orientação”, diz Renato Meirelles. O criador do instituto apresentou o estudo na segunda-feira, durante evento do braço educacional da instituição.

Pró-ativo 

 Chaim Zaher, do Grupo SEB, quer compensar o ano letivo, quase perdido, de 2020. Montou plataforma, na Conexia Educação, criando dupla matrícula, pela qual o aluno cursa normalmente 2021 e pode recuperar o que não pode cumprir em 2020. O programa vale para o ensino médio e fundamental.

 Vida musical 

 Os detalhes da troca de farpas entre Jorge Ben e Juca Chaves depois do lançamento do hino País Tropical estão no livro África Brasil: Um Jorge Ben Voou Para Toda a Gente Ver, de Kamille Viola.

Revelações do próprio Jorge Ben, além de depoimentos de nomes como Gil, Mano Brown e Marcelo D2 fazem parte do trabalho.

 Registro 

Orlando Morais e Dio Trotta estão produzindo um documentário sobre os trabalhadores da arte no cenário pós-pandemia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: