Coisa mais linda

Sonia Racy

20 de junho de 2012 | 01h01

Após compromissos oficiais na Rio+20, a canadense Severn Cullis-Suzuki– que discursou, aos 12 anos, na Eco-92 – brilhou em evento paralelo.

Ela falou para 150 jovens em Ipanema. E mostrou convicção sobre a participação política dos mais novos. “A juventude não é só público-alvo”, bradou.

Ao final, a ala masculina que a ouvia cantou, em sua homenagem, Garota de Ipanema.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.