Cobras…

Sonia Racy

26 de fevereiro de 2014 | 01h10

A Anvisa não renovou a licença para produção de soro antiofídico e vacina contra febre amarela do Instituto Butantã. E mais: haveria dissonância entre o corpo diretivo da agência e seus técnicos sobre a decisão.

Indagada, a Anvisa confirma que o Butantã está sem o Certificado de Boas Práticas, mas que “não será impedido de processar o soro”. E explicou que, como o instituto (que produz 80% do antídoto no Brasil) está passando por reformas, a ideia é que faça uma parte do trabalho e outros laboratórios, o restante.

…e lagartos

Como? A diretoria da agência aprovou ontem resolução permitindo o compartilhamento da produção – antes vetado pela vigilância sanitária – para evitar desabastecimento.

Serão quatro os laboratórios envolvidos: Além do Butantã, também Vital Brazil (RJ), Funed (MG) e CPPI (PR).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.