Cobrança

Sonia Racy

31 de julho de 2013 | 01h02

Mães de autistas aproveitarão, hoje, a abertura do Encontro de Tecnologia e Inovação para Pessoas com Deficiência – promovido pelo governo de São Paulo – para cobrar atendimento conforme decisão judicial: gratuito e em unidades especializadas.

Hoje, a assistência é feita em centros onde também são atendidas pessoas com distúrbios psiquiátricos e dependentes químicos – os Caps.

Cobrança 2

Questionada, a secretaria de Saúde de SP informou que o atendimento a autistas é definido pela política nacional de saúde mental, que preconiza o uso dos Caps.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.