Click

Click

Redação

23 de agosto de 2009 | 06h00


Com a boa aceitação do Smart no Brasil, Cris Saddi – do Smart Center–, responsável pela introdução do carro no País – resolveu inovar. Está convidando artistas gráficos e fotógrafos para revestirem esses carros com adesivos. “Quero trazer o conceito da moda para os automóveis”, conta a empresária, que em apenas quatro meses conseguiu dobrar a cota inicial determinada pela Mercedes-Benz. “Pensamos em vender 58 unidades no primeiro mês. Batemos na casa do 113.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.