Claro escuro

Sonia Racy

24 de agosto de 2011 | 23h08

A Defensoria acaba de entrar Justiça contra a Eletropaulo. Em ação coletiva, pede indenização moral de R$ 10 milhões por causa de apagões na capital. O núcleo de Defesa do Consumidor também quer ressarcimento para quem comprovar equipamentos estragados graças às quedas de energia.

Por fim, solicita ao juiz que seja imposto prazo de quatro horas para o restabelecimento da energia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: