Citada em áudio de Joesley, advogada deixa caso

Sonia Racy

08 de setembro de 2017 | 11h50

JOESLEY BATISTA

JOESLEY BATISTA. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Após ser citada em nova gravação de Joesley Batista e Ricardo Saud, a advogada Fernanda Tórtima, do escritório Tórtima, Tavares e Borges, deixou o caso.

Motivo? Os áudios, onde Joesley diz que Tórtima não queria que a delação do empresário incluísse o ex-ministro José Eduardo Cardozo e ministros do STF.

Tórtima, como publicou nesta sexta-feira, defende que eventuais citações que não revelam práticas criminosas e só expõem as pessoas devem ser excluídas de delações.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: